Como falar sobre dinheiro no relacionamento? 5 dicas uteis

Como falar sobre dinheiro no relacionamento? 5 dicas uteis

5 dicas para falar sobre dinheiro no relacionamento a modo de decidir o que é melhor para a família.

O motivo pode não ser romântico, mas é necessário conversar sobre dinheiro entre duas pessoas que estão relacionadas. Hoje apresentaremos maneiras de abordar esse tópico.
Atitudes simples podem ajudar a salvar as finanças da penumbra e quebrar o tabu.
Confira dicas para falar sobre dinheiro nos relacionamentos:
falar sobre dinheiro


Crie uma atmosfera favorável para o assunto "finanças" em casa
Estabelecer pelo menos uma vez por mês para atualizar e discutir metas orçamentárias e financeiras
Definir a responsabilidade de cada pessoa de cuidar das finanças da família
Invista em algo regular (pela família), todos os meses
Estabeleça uma meta anual comum se o planejamento financeiro possibilitar a realização (uma viagem, um consumível etc.) e celebrar a ocasião
Crie uma atmosfera favorável para o assunto "finanças" em casa
O principal aqui é priorizar o tópico, não apenas emprestá-lo a dívidas, consumo, escassez ou algo assim.

É importante que haja um espaço em casa para anotações sobre obrigações financeiras e os responsáveis.
Estabelecer pelo menos uma vez por mês para atualizar e discutir metas orçamentárias e financeiras
Destacando a importância do hábito de lidar com as finanças da família, foi sugerida uma reunião mensal (pelo menos) para alinhar esse ponto.

A reunião pode começar com uma atualização do orçamento, seguida de observações de cada uma em relação aos gastos do mês passado e às metas futuras.
Os investimentos também devem ter um momento especial nessa conversa.
Definir a responsabilidade de cada pessoa de cuidar das finanças da família
Tudo fica mais fácil quando há envolvimento da família. Portanto, é importante que as obrigações financeiras sejam analisadas e compartilhadas adequadamente para que todos possam cooperar.
O fato de alguém ser responsável pelo pagamento de uma conta já coloca o problema em sua vida e vincula a responsabilidade diária ao aspecto financeiro.

Invista em algo regular (pela família), todos os meses
O sentimento de realização ocorre apenas se houver algum sacrifício. Portanto, é importante que os membros da família tenham objetivos comuns e façam investimentos mensais para alcançá-los.
Essa atitude pode significar renunciar ao consumo imediato em troca de um sonho do futuro, essencial para criar o senso de unidade familiar e lidar com as frustrações cotidianas.
Estabeleça uma meta anual comum se o planejamento financeiro possibilitar a realização (uma viagem, um consumível etc.) e celebrar a ocasião
Os resultados são os fatores motivacionais mais importantes em qualquer atividade e o dinheiro não é diferente.

Assim, seria interessante para a família definir uma meta concreta e alcançável por um período de 12 meses e separar os recursos para alcançá-la mês a mês.
A conquista do momento servirá para celebrar a conexão, para entender que tudo pode ser alcançado e celebrado quando houver comprometimento e disciplina. Isso aperta os laços.
AbrirFecharComentários