Como organizar suas contas em 10 etapas fáceis

Como organizar suas contas em 10 etapas fáceis



Dicas para organizar suas contas Não sabe o que fazer para organizar suas contas? Confira algumas dicas importantes sobre como planejar o uso do seu dinheiro. Não há mistério. Saber quanto você ganha e controlar quanto gasta pode ajudá-lo a resolver seus problemas e realizar seus sonhos.

Índice
  • Crie uma planilha
  • Segundo - Na planilha, divida as despesas entre fixo, variável e qualquer
  • Terceiro - Reserve uma porcentagem do salário para contingências
  • Quarto - O lazer é básico
  • Investir o saldo (receita menos despesas e reservas) para aumentar os ativos
  • Cuidado com os impulsos
  • Mantenha bem as faturas, recibos e outros documentos bancários
  • Conheça as taxas da sua conta
  • Preste atenção aos cartões de crédito
  • Verifique se você gasta mais do que ganha

1º - Crie uma planilha
Publique todas as informações sobre despesas, receitas (salário), reservas e investimentos em uma planilha ou em uma planilha, sempre com ganhos.

Segundo - Na planilha, divida as despesas entre fixo, variável e qualquer
Tarifas fixas são aquelas que se repetem a cada mês, cujos valores geralmente são os mesmos, por exemplo: renda da casa, condomínio e Internet.
As variáveis ​​são despesas que também ocorrem a cada mês, mas a quantidade varia de acordo com o consumo (água, eletricidade, telefone, supermercado, etc.).
Às vezes, acontecem de tempos em tempos, como despesas de restaurantes, roupas e outras pequenas despesas. Tenha sempre um passaporte à mão para registrar suas despesas antes de incluí-las na planilha.

Terceiro - Reserve uma porcentagem do salário para contingências
Por exemplo, doenças podem pegá-lo desprevenido. Portanto, reserve uma porcentagem da receita para eventos imprevistos. Procure uma opção de investimento adequada ao seu perfil.

Quarto - O lazer é básico
Reserve cerca de 5% da sua renda de tempo livre, pois todos têm o direito de se divertir, descansar e melhorar sua qualidade de vida. Esse custo entra em sua planilha como lazer e deve variar de acordo com sua condição socioeconômica.

5. - Investir o saldo (receita menos despesas e reservas) para aumentar os ativos
O saldo precisa ser investido para aumentar seus ativos a longo prazo, quando você segmenta como proprietário ou mesmo como carro novo.

6. - Cuidado com os impulsos
Reflita e analise a necessidade de uma despesa específica. Se o produto ou serviço for indispensável, você deve fazer uma pesquisa de preços antes de comprar. É importante ter uma visão de longo prazo.

7. - Mantenha bem as faturas, recibos e outros documentos bancários
Mantenha recibos, contas, faturas, contas e livros de cheques em um armário ou gaveta. Separe uma caixa ou pasta para colocar suas contas em pagamento e informe a todos em casa que as contas serão colocadas lá assim que chegarem. A prova de contas pagas deve ser arquivada em outra pasta.

8. - Conheça as taxas da sua conta
Entenda como as cotas da sua conta funcionam para evitar excessos.

9. - Preste atenção aos cartões de crédito
Em geral, o produto comprado em dinheiro é mais barato. O problema do impulso fica muito pior com o uso de cartões de crédito. Mantenha sempre os pés no chão.

10. - Verifique se você gasta mais do que ganha
No final do mês, faça as contas. Se os gastos excederem a receita, serão necessárias economias. Comece a verificar a planilha de baixo para cima, verifique todas as despesas, pois elas podem ser facilmente reduzidas, substituídas ou eliminadas. Depois, percorra as despesas variáveis ​​e organize uma campanha familiar para economizar eletricidade, água e telefone. Defina metas que podem ser alcançadas, como reduzir o valor dessas contas.
AbrirFecharComentários